terça-feira, 30 de outubro de 2012

ENCONTROS E SINTONIA SÃO ESPONTÂNEOS


Quem já teve a oportunidade de estudar um pouquinho de Educomunicação conhece a importância do equilíbrio do ecossistema comunicativo. Isso significa considerar que a pluralidade e a diversidade de expressões se integram, convergem e divergem em processos simultâneos de construção de significados.

Na teoria é tudo muito lindo. Na prática, um pega para capar! É preciso monitorar o que funciona, abrir espaço para novas propostas e testar resultados, numa combinação que viabilize e valorize as estratégias planejadas. Dá um trabalho louco! Mas vale a pena.

O melhor dos mundos


Uma equipe alinhada facilita sobremaneira essa proposta comunicativa de dar voz às pessoas, sem perder de vista os propósitos institucionais. Também é preciso dedicar uma atenção especial ao formato do conteúdo, evitando retórica, valorizando coerência e coesão.

Em 2011, ano de instituição da TV ABRAPP,  foi fundamental o alinhamento com a direção geral, comandada por Devanir Silva. Ele está nos bastidores da antecipação de cada pauta técnica e na orientação de temas que podem ser explorados em cada registro que a TV ABRAPP produz. Como ensinou Luciano Pires, é o grande mentor do trabalho que a TV ABRAPP executa.



Além da concepção, existem dois grandes movimentos que complementam o trabalho: a produção e o relacionamento com a equipe técnica. Essa interface é assumida por Rosana Rocha (na foto abaixo, à esquerda), que assume com muita propriedade as rotinas de produção junto ao repórter e ao cinegrafista. Também interage com os entrevistados, criando uma sinergia fundamental para o clima de captação e gravação das imagens.



O melhor dos mundos é sem dúvida encontrar soluções e apoio positivo para os resultados que precisamos apresentar. Por isso, em 2012, a TV ABRAPP ganhou a colaboração preciosa, comprometida e muito bem humorada de Alexandre D'Andréa na edição de conteúdos. Ele apoia a produção e comanda a edição de imagens.

Esse encontro não foi racionalmente programado. Esse encontro foi aparentemente espontâneo. Tinha que acontecer! Uma "coincidência" feliz! Um sonho para todo aquele empenha energia no sucesso. Para mim, Eliane Miraglia - o quarto elemento desta história, entusiasta apaixonada da TV ABRAPP e da Comunicação e Educação Previdenciária - esse encontro tem a fórmula alquímica que transformava matéria de diferentes naturezas em ouro: porque apesar dos diferentes matizes que assume, o conteúdo final tem um valor único.

"É engraçado a força que as coisas parecem ter quando precisam acontecer" 
(Caetano Veloso)

Sob a direção de Devanir Silva, essa equipe dedicou muito neurônio e apoio mútuo na construção de mensagens que mostrem à sociedade o que é Previdência Complementar. A TV ABRAPP está trabalhando para o estímulo de formadores de opinião, embaixadores da marca e para a expressão de todo o ecossistema que interage para viabilizar uma versão melhor da sociedade. Afinal, 3% de brasileiros contemplados pela Previdência Complementar ainda é pouco. Mas esse número vai mudar quando a sociedade exigir a sustentabilidade da vida como fator de qualidade e cidadania. 

"Precisamos de pessoas que acreditem que a evoluçāo da Terra se dará pela consciência coletiva. Precisamos de seres humanos." (Gil Giardelli)

4 comentários:

  1. Alexandre D'Andrea30 de outubro de 2012 09:24

    Show de bola Li...
    É um prazer trabalhar com uma equipe como essa...
    Que nossa parceria se estenda por muitos e muitos anos...
    Bjaum

    ResponderExcluir
  2. Adoro tudo isso! Acredito que todo o sucesso do nosso trabalho é admiração mútua entre todos os pilares que sustentam a TV ABRAPP... e vamos em frente! Beijão e obrigada Li!

    ResponderExcluir